Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inverno

O saborear dos dias... com maior deleite e meticuloso vagar.

Inverno

Fantastic Beasts and the Crimes of Grindelwald

17.11.18 | Maria Rocha Soares

 

 

Há cenas neste trailer que não vemos no cinema...terão sido cortadas?

 

 

Como sempre, neste género de filmes, o som (a banda sonora) fascina-me! Se há algo de fantástico no filme, não se fica pelo adorável Niffler. A música é fenomenal. Então?! Não me seduziu, tanto, com o anterior e o "que interessa realmente", passa-se em dez minutos, no fim.

Credence... a criança atormentada que procura saber quem é, é, nada mais, segundo o canalha sedutor da história (Johnny Deep) o irmão perdido de Dumbledore. 

Quem estava comigo no filme ainda abria a boca de espanto, devido ao diálogo de ambos e ressurgimento da Fénix, já eu estava a dizer... ele é (supostamente) o irmão de Dumbledore. Pois, é! Mas... também pode ser uma grande artimanha do bruxo, matreiro.

Vejamos: Para Credence ser o "lost brother", a mãe de Dumbledore morreu afogada na viagem, em que morreu também, acidentalmente, ou não, Corvus, o irmãozinho de Lita Lestrange, personagem, de quem no fundo tenho pena. A moça, não era tão pérfida assim... há inúmeros motivos que fazem com que as pessoas "azedem" na vida e a vida, dos outros, ao seu redor. 

Falta de amor. Colo, de empatia... crueldade de todos que apontam aos outros os seus defeitos, deixando de fora a sua maldade e mesquinhez, - esses sim, perfidamente -, que os vão tornando, ainda mais, revoltados e ácidos. Adiante!

Ora: não se sabe muito da morte da mãe de Dumbledore. Apenas que o pai morreu em Azkaban e a irmã Ariana (a irmãzita sensível que"aguentava" mal a magia) morreu, num infeliz percalço, provocado por Dumbledore... que tem, igualmente, outro irmão, (Aberforth). Pronto! Mas o Aurellius Dumbledore, o nosso Credence pode ser um, "bastardo". Logo, um meio irmão.

Se querem saber: Não acredito! Para mim é apenas uma "arma" de Grindelwald contra quem não pode defrontar. E... será somente porque fizeram um pacto de sangue? Eram extremamente amigos, ou... sentimentalmente existe mais. Sim, porque nada impede (e até no mundo da magia pode acontecer) um sentimento romântico entre ambos. (Grindelwald e Dumbledore)

A Dumbledore, até agora, pelo menos, que me lembre de ler... não se lhe conhecem namoros ou envolvimentos com quem seja. Nem namorada, mulher, filhos... não obstante, posso ser eu a divagar.

Resumindo: É pena que o filme e a história comece a ter tanta incongruência, que não abona (a menos que seja muito bem explicada por Rowling) a favor da autora da saga. Mas... construir um "império" destes, como Tolkien e outros também o fizeram, não é fácil. Há sempre alguma coisa que "difere", ou fica mal explicada. Espero que ela "não invente" mais um membro da família e um parentesco forçado. Mexia com muita coisa, do até aqui, apresentado. A Fénix aparecer e a conversa de que só apareceria em circunstâncias especiais... é contornável. Enfim...aguarda-se, com expectativa, o próximo.