Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inverno

O saborear dos dias... com maior deleite e meticuloso vagar.

Inverno

Pergunta à Comunidade

08.01.19 | Maria Rocha Soares

 

Resultado de imagem para pergunta à comunidade

 

 

Perguntam-nos hoje, qual de determinadas categorias com sugestões de blogs por tema, devem ser acrescentadas à barra de navegação (a par de Opinião, Moda, etc)? 

 

Que mal, pergunte: Para quê?!

Para que efeito, alguns de nós nos iríamos pronunciar, se não se compreende o critério da escolha dos blogs que já lá constam, nas categorias existentes (basicamente, sempre os mesmos) e nem a relevância de algumas publicações, de muitos, entre esses, para ali estarem? Passo a explicar e peço imensa desculpa aos bloggers que tomo como exemplo, pois nada tenho contra quem for. Absolutamente, nada! Apenas tento compreender e há que ilustrar os exemplos. Neste caso, o da categoria: OPINIÃO

 

Exemplo:

 

Se nem nas tags, que o autor escolheu, é mencionada essa tag categoria?

Tags: amor, blog, caneca, caneca de letras, desejo, letras, poesia, querer, sapo

Será porque ficamos, após ler, com a opinião de que o autor ama alguém. Muito, bem! Fica registado. 

 

Exemplo:

 

Tags: alentejo frio; inverno; marvão

A nossa Opinião deverá ser de que a fotografia é muito bonita! É de Marvão, está muito frio e neva. Está validado!

 

Exemplo:

 

  • Porque se consideram simples partilhas de vídeos de música do Youtube, sem qualquer OPINIÃO agregada, que não o vídeo em si, como OPINIÃO, é coisa que me ultrapassa. 
  • Imagens. Que se ficam por ser, imagens... sem OPINIÃO expressa sobre as mesmas? Porque imagens que deixem uma mensagem, ou a tragam sobreposta, ainda compreendo.  

 

Assim sendo, e porque tirando SEMPRE os mesmo nomes. Que também vemos serem amplamente divulgados e estarem constantemente em foco, presumo que a minha OPINIÃO sobre a pergunta, está dada.

 

Nota de Rodapé: Volto a pedir sinceramente, desculpas aos donos dos blogs que citei, como exemplos (aleatórios!) Poderão não acreditar, mas não procuro de todo confusões. E aborrece-me, sobremaneira não poder expor o meu raciocínio, sem exemplificar. Espero, que aceitem as minhas desculpas sinceras!

 

 

 

11 comentários

Comentar post